Aconteceu em RI: 4ª semana de agosto

Olá gente, tudo bom?

Perdeu alguma coisa que se passou nesta semana? Aqui vão alguns destaques:

Reunião das famílias coreanas

Nesta segunda (20) como um sinal de melhora nas relações entre as Coreias, foi organizado um encontro de 89 famílias coreanas que estão separadas entre os lados norte e sul desde a Guerra da Coreia na década de 1950.

Encontros como este acontecem quando as relações entre ambos os países estão mais amigáveis, algo que não ocorria há um certo tempo. A última reunião deste tipo foi em 2015.

Os sul-coreanos que foram até o lado norte encontrar suas famílias permaneceram no país por 3 dias, embora o tempo que ficaram com seus parentes durou apenas 11 horas. Além deles, a Cruz Vermelha identificou que ainda há 57.000 sobreviventes que esperam o momento de poder ver seus familiares mais uma vez.

Com o retorno gradual do diálogo entre o norte e o sul que vem ocorrendo desde o início do ano, ambos os lados concordaram na realização deste evento em junho. Considerando o estado atual da relação entre as Coreias, acredita-se que mais encontros como esse poderão se concretizar futuramente.

Arábia Saudita e o IPO da Aramco

Nesta semana, surgiram indicações de que o governo da Arábia Saudita iria cancelar o IPO da Saudi Aramco, petrolífera estatal e a maior empresa do mundo neste ramo de atividade. Um initial public offering (oferta pública inicial) ou IPO consiste na abertura do capital de uma empresa na bolsa de valores pela primeira vez.

CNBC
Fonte: CNBC

Neste caso, era esperado que o IPO da Aramco ocorresse tanto nos mercados sauditas quanto internacionais. Tal transação era chamada de a “operação do século”, pois calculava-se que o plano inicial de abrir 5% do capital da empresa geraria até US$ 100 milhões em recursos para o fundo soberano saudita.

O potencial resultado desta operação atraiu muitos olhares e as principais bolsas do mundo como Londres, Nova York e Hong Kong disputavam entre si a parcela internacional do IPO. Vale lembrar que esta movimentação para realizar uma abertura de capital da Aramco foi proposta pelo príncipe herdeiro Mohammad bin Salman como uma estratégia de diversificar a economia saudita, fazendo parte de seu plano de metas conhecido como Saudi Vision 2030.

Apesar das notícias sobre o seu cancelamento, o Ministro da Energia saudita Khalid al-Falih afirmou na quinta (23) que o IPO não está cancelado em definitivo, mas sim suspenso até que as condições do mercado sejam mais favoráveis. Ainda foi pontuado que neste meio tempo, o governo saudita está se organizando para comprar uma parte estratégica da companhia química Saudi Basic Industries Corp.

Aliados de Trump condenados e suas consequências

Nesta terça (21), dois eventos envolvendo ex-colaboradores de Trump caíram como uma bomba para a Casa Branca e levantaram o questionamento sobre um possível impeachment do presidente dos EUA.

Paul Manafort (primeiro na foto), ex-chefe de campanha de Trump, foi considerado culpado em 8 acusações entre fraudes fiscais e bancárias, além de não declarar uma conta no exterior.

New York Post
Fonte: New York Post

No mesmo dia que saiu esta decisão, o ex-advogado de Trump, Michael Cohen (segundo na foto), admitiu ser culpado por sonegação fiscal, violação das regras do financiamento de campanha durante a corrida presidencial de 2016, além de comprar o silêncio de duas mulheres que tiveram um caso com Trump. Durante audiência, Cohen afirmou que realizou tudo seguindo ordens de Trump, sendo que inclusive tinha gravado anteriormente um áudio com o então candidato à presidência a respeito de uma das questões, a qual agora estava sendo condenado.

Tais reviravoltas não têm muita relação com a investigação que se faz sobre o envolvimento russo nas eleições presidenciais, mas as acusações principalmente de violação no financiamento de campanha lançaram à luz a discussão sobre um possível impeachment de Trump. Apesar disto, segundo analistas, ainda é improvável este cenário, visto que os republicanos detêm a maioria na Câmara e no Senado e dificilmente aceitariam abrir um processo contra o presidente vindo de seu próprio partido.

Novo primeiro-ministro toma posse na Austrália

O até então primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, renunciou ao cargo nesta semana sendo substituído na sexta (24) por Scott Morisson (foto) que desempenhava a função de Ministro das Finanças. Com este mais recente episódio, esta se torna a sexta vez em um prazo de 11 anos que a Austrália troca de primeiro-ministro.

Neste caso, o estopim para este incidente consistiu em uma nova política de energia proposta por Turnbull que estaria de acordo com o que defende o Acordo do Clima de Paris. Contudo, sua proposta foi duramente criticada pela ala mais conservadora do seu próprio partido, o Partido Liberal da Austrália.

Hindustan Times
Fonte: Hindustan Times

Além disso, o baixo desempenho nas pesquisas de opinião indicava uma ameaça para o partido governista, considerando as próximas eleições gerais que irão ocorrer no ano que vem, o que gerou ainda mais pressão para a saída de Turnbull pelos próprios membros do seu partido.

O atual primeiro-ministro Morrison é considerado um político de postura mais conservadora e defensor de uma política migratória mais rígida, tendo ele mesmo ocupado o cargo de Ministro da Imigração entre 2013 e 2014.

Fontes:

https://www.theguardian.com/world/2018/aug/20/separated-south-and-north-korean-families-take-part-in-rare-reunions

https://edition.cnn.com/videos/world/2018/08/22/korean-family-reunions-end-hancocks-lkl-vpx.cnn

https://www.jornaldenegocios.pt/mercados/bolsa/detalhe/arabia-saudita-cancela-ipo-da-aramco

https://www.middleeasteye.net/news/saudi-arabia-halts-aramco-public-listing-disbanding-advisors-1026298973

https://exame.abril.com.br/mercados/arabia-saudita-nega-que-tenha-cancelado-ipo-da-saudi-aramco/

https://g1.globo.com/mundo/noticia/2018/08/22/veja-quem-sao-os-ex-colaboradores-proximos-de-trump-condenados-pela-justica.ghtml

http://fortune.com/2018/08/24/australia-prime-minster-turnover-markets/

https://internacional.estadao.com.br/noticias/geral,premie-australiano-renuncia-e-partido-elege-scott-morrison-para-assumir-o-governo,70002471002

https://www.bbc.co.uk/news/world-australia-45292637

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta